Bicho de pé

8 05 2009

Um renomado pesquisador da  UFMG, professor titular da Sociologia, fez um levantamento,  em toda Minas Gerais, para  saber qual seria o objeto de desejo do homem mineiro.  Em todos os rincões das Gerais, os homens respondiam de bate pronto:

– Dinheiro e mulher.

Não dava outra, a resposta era sempre a mesma. Quase ao final da pesquisa, ele encontrou em Santo Antônio das Roças Grandes, um mineirinho de uns setenta anos, franzino, sentado de cócoras no  pondions(*), na beira da estrada, pitando  um cigarrim de palha.

– Bom dia!

O mineirinho deu uma tragada,  cuspiu de lado e, sem  olhar, respondeu:

– Diiia, sô!

– Estou fazendo uma pesquisa para saber quais as  coisas que o   homem mineiro mais gosta… O senhor pode me responder quais são as coisas do seu agrado?

O mineirim deu mais uma pitada,  mais uma cuspida de  banda e disse:

– Uai, sô! As coiss qui eu  mais apreceio é ‘o dinheiru, as muié e… o bicho di pé!’.

O pesquisador, estranhando a  inclusão do item “bicho  de pé” na  resposta, perguntou:

– Olha, todos respondem “dinheiro e mulher”. Mas, e o  bicho de pé?

Mais uma pitada e mais uma cuspida, o mineirinho retruca:

– Uai, sô! Pra que qui serve  nóis tê dinheiru e muié, se o “bicho” num fica di pé?


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: