Vamos celebrar a estupidez humana…

1 04 2009

Como é de costume todos os dias, ligo a televisão para ‘ouvir’ as notícias enquanto eu me arrumo para ir trabalhar. Se manter informado é o requisito primordial para crescer, tanto moral quanto profissionalmente.

Me chamou a atenção uma reportagem em que um garoto de 13 anos havia jogado uma criança dentro de uma cisterna. Assustador! Mais assustador ainda foi o motivo desse crime. O garoto queria manter relações sexuais com a mãe da vítima. A mãe, logicamente, negou o pedido do garoto que ameaçava constantemente a mulher com os seguintes dizeres:

“ – Se você não transar comigo, eu matarei o seu filho.”

Meu Deus! Como explicar esse instinto selvagem de uma criança de 13 anos? O que teria contribuído para que esse menino se tornasse esse animal?
Tá, tá bom! O mundo é repleto de covardias e atrocidades. Deixa eu banalizar mais uma situação absurda dessas e começar o meu dia. Entro no carro, ligo o som. Passa um programa bem bacana pela manhã chamado “Falando Sério”. Nesse programa, os radialistas, comentaristas, convidados, leem as notícias dos principais jornais que circulam na cidade e comentam.

Me chamou a atenção uma notícia onde em uma escola pública havia sido furtado R$940 de um funcionário. Sabe o que aconteceu? Chamaram a polícia e, provando mais uma vez o total despreparo que os policiais possuem, colocaram alguns adolescentes suspeitos ‘no paredão’, com as calças abaixadas até o joelho.

Adolescentes, com as calças arriadas, levando ‘baculejo’ de policiais despreparados dentro de escola pública. É, deixa eu estacionar o carro e ir trabalhar.

Antes de começar a trabalhar, é sagrado um cafezinho bem quente feito pela ‘Maria da copa’ e uma passada rápida de olhos nos jornais que aparecem de todos os lados. Vejo uma notícia em que o pai estuprava durante 3 anos as duas filhas, uma de 16 e uma de 18. Espera um minutinho: se o pai estuprava as filhas por 3 anos, então tudo começou quando uma tinha 13 anos e a outra 15? E a mãe? Ah ta. A mãe era agredida constantemente e ameaçada de morte, além de ver as filhas sendo violentadas na cama do casal.

violencia-domestica

Chega! Da hora que eu acordei até o fim do meu primeiro cafezinho (aproximadamente 1 hora) só consegui ver barbaridades. Nem comecei o dia e já me sinto estressado, revoltado, indignado e mais uma gama de sentimentos negativos. O Brasil é assim? O Mundo é assim? Minha cidade é assim!

Bom, meu dia finalmente começa e a primeira pergunta que me é dirigida:

“ – Quer participar do bolão do jogo do Brasil x Peru?”
¬¬


Ações

Information

One response

1 04 2009
Natalia

É.. realmente não dá! O site de um dos jornais da cidade saiu do ar, até que não estou mais tão por dentro das barbáries que acontecem.. Mas ainda vejo os nacionais.. E é cada coisa que aparece.. Triste, lamentável… etc..etc..etc.. E sinceramente: acredito que a tendência é só piorar. Infelizmente. Mas é fato! Cabe a cada um de nós procurar ser melhor a cada dia e ensinar aos nossos para que sejam assim também. Religião não se discute, mas todo mundo pelo menos já ouviu falar no fim dos tempos.. Pelo visto está próximo. Cada dia nos deparamos com um crime mais horrendo. Fora os que a mídia não dá ênfase..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: