NASA vê cometa com raio-x e ultravioleta

22 02 2009

lulin-20090222110001

O cometa Lulin passará mais perto da Terra no dia 23 de fevereiro, mas já está sendo monitorado pelo satélite de raios gama e ultravioleta Swift da Nasa.

É a primeira vez, graças ao satélite, que os astrônomos coletarão, ao mesmo tempo, imagens de raio-x e ultravioletas de um cometa.

O cometa solta uma grande quantidade de gás, o que facilita a observação em raio-x. Já o telescópio ultravioleta do Swift detectou que o Lulin derrama cerca de 3 mil litros de água por segundo, o suficiente para encher uma piscina olímpica em menos de 15 minutos.

O Swift não consegue detectar água diretamente, mas a luz ultravioleta do sol separa as moléculas de água em átomos de hidrogênio e móleculas hidroxilas (OH). Assim, o telescópio ultravioleta do Swift detecta as moléculas OH. As imagens captadas do Lulin revelam que o cometa deixa um rastro de OH de mais de 400 mil quilômetros, maior que a distância média entre a Terra e a Lua.

O satélite Swift foi colocado em órbita pela NASA no ano 2004 para estudar eventos de alta energia no universo. Enquanto espera por explosões cósmicas, ele analisa o Lulin que, no dia 23 de fevereiro passará bem pertinho da Terra: a cerca de 60 milhões de quilômetros do teto de nossas casas.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: