8 Tecnologias móveis que irão crescer nos próximos anos

30 01 2009

bluetoothO Gartner divulgou nesta sexta-feira (30/01) um estudo onde identifica oito tecnologias móveis que devem crescer significativamente nos anos de 2009 e 2010. De acordo com o instituto de pesquisas, estas tecnologias terão forte impacto sobre políticas e estratégias relacionadas à mobilidade.
Em comunicado enviado à imprensa, Nick Jones, vice-presidente do Gartner, disse que todas as estratégias móveis estão relacionadas à evolução da tecnologia, por isso é importante identificar quais estão diretamente ligadas a cada estratégia específica.
Para o instituto, o mercado deve estar atento para:
Bluetooth 3.0 – a especificação será anunciada este ano, com aparelhos chegando ao mercado em 2010. O padrão incluirá funcionalidades como a ultra-low-power, que vai permitir o funcionamento de novos aparelhos – como periféricos e sensores – e novos aplicativos, como monitoramento de saúde. O padrão dará suporte a três ramificações: o Bluetooth clássico, Wi-Fi e UWB (Ultrawideband). Em curto prazo, o Wi-Fi é o mais importante em razão de sua alta disponibilidade.


Interfaces para usuários móveis (UIs) – têm maior efeito sobre o suporte e uso dos aparelhos e representam uma área de intensa competição em 2009 e 2010, já que serão usadas pelos fabricantes como itens de diferenciação de seus aparelhos. Novas e mais diversificadas interfaces ao complicar o desenvolvimento e o suporte de aplicativos B2E (business-to-employee) e B2C (business-to-consumer). Por outro lado, interfaces melhores tornarão a internet móvel mais acessível em pequenos aparelhos, tornando-a um canal melhor para clientes e funcionários.
Sensor de localização – as funcionalidades de localização tornarão as aplicações mais poderosas e utilizáveis. Os sensores de localização também reforçarão sistemas, como os de presença móvel e redes sociais móveis. A crescente maturidade dos sensores de localização em campo, utilizando tecnologia Wi-Fi, abre uma gama de novas aplicações que exploram a localização de equipamentos ou de pessoas. Há uma série de novos serviços a serem explorados, por outro lado, isso vai criar novos desafios no campo da segurança e privacidade.
802.11n – o novo padrão vai elevar as taxas de transmissão de dados em Wi-Fi para algo entre 100 Mbps e 300 Mbps, além de ter o potencial de oferecer melhor cobertura em várias situações. O padrão 802.11n vai definir o desempenho da tecnologia Wi-Fi por vários anos. Sob uma perspectiva organizacional, o padrão vai exigir novos pontos de acesso, novas interfaces para clientes sem fio e novos backbones de rede. Apesar disso, será a primeira tecnologia sem fio a oferecer o mesmo desempenho de conexões com fio.
Tecnologias de displays – durante os próximos dois anos, várias novas tecnologias para displays terão impacto no mercado, como a economia de bateria. Além disso, a melhor qualidade permitirá que imagens e informações sejam compartilhadas mais facilmente. Os displays passivos, como os usados em e-books, oferecerão novos meios de distribuição e consumo de documentos. Também aqui está um fator de diferenciação para fabricantes e de critério de escolha para usuários.
Widgets e web móvel – a internet móvel está emergindo como um meio barato de oferecer aplicações móveis mais simples a um grande número de usuários. Ela tem algumas limitações que não poderão chegar a 2010. Apesar disso, ela oferece a vantagens de TCO sobre aplicativos centrados no cliente. Já os widgets são suportados por muitos browsers móveis e são um meio de alimentar pequenos aparelhos e telas. A web móvel será parte de muitas estratégias móveis B2C.
Banda larga via celular – a banda larga sem fio explodiu em 2008, graças à disponibilidade de tecnologias e aos preços atrativos oferecidos pelas operadoras celulares. O desempenho oferecido pelo HSPA (high-speed packet access) garante um ou dois megabits em uplink ou downlink. Em muitas regiões, o HSPA fornece conectividade suficientes para substituir hotspots Wi-Fi e a maturidade dos aparelhos permite que empresas comprem laptops equipados com módulos celulares que garantem mais desempenho do que os cards.
Near Field Communication (NFC) – é um modo simples e seguro de comunicação entre aparelhos em distâncias curtas (um centímetro ou dois). Está emergindo como o padrão preferido para aplicações como pagamentos móveis, transferência de informações. O Gartner não espera muito do NFC antes de 2010 em mercados maduros como Europa e Estados Unidos, mas acredita que a tecnologia deve explodir mais cedo em mercados emergentes.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: